Rins bem Nutridos

Com vai a saúde dos seus rins?

Os rins exercem papel fundamental no nosso organismo. Como você tem cuidado dos seus? A equipe do INEFRO separou algumas dicas importantes para manter a saúde em dia. Confira!
De acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia, 850 milhões de pessoas têm doença renal em todo o mundo. E o pior: a Doença Renal Crônica causa pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano.
Mas, afinal, para que servem os rins? Cada pessoa tem dois rins, que se apresentam na forma de grãos de feijão localizados na região lombar.
Eles são responsáveis pela limpeza do sangue: controlam a quantidade de água e sal e a hipertensão arterial; produzem hormônios que impedem a anemia e a descalcificação óssea; eliminam toxina, alguns medicamentos e outras substâncias ingeridas.

Para prevenir doenças renais, segundo os especialistas do INEFRO, o primeiro passo é uma boa hidratação – com a ingestão de cerca de dois litros de água por dia. Dica: não devemos esperar a sede para beber água, pois a sede já significa sinal de desidratação.
Outra recomendação importante é em relação à alimentação, que deve reunir verduras, legumes, frutas e saladas. Deve-se evitar o consumo exagerado de frituras e carne vermelha.

O VILÃO – O sódio está entre os principais inimigos da saúde dos rins. A orientação é evitar os produtos industrializados, assim como diminuir a quantidade de sal no preparo dos alimentos.
De acordo com o Ministério da Saúde, o consumo de sal no Brasil gira em torno de 12 gramas de sal por dia, quando o adequado seria em torno de 2 gramas de sal/dia. O sal tem efeito de reter mais água, fazendo com que os rins trabalhem com uma pressão mais alta. Isso pode resultar em doenças renais.
Neste caso, a dica é substituir o sal por ervas, tanto frescas como secas, cebola, alho e outros que dão mais sabor aos pratos.
Assim como uma hidratação adequada e uma boa alimentação, os exercícios físicos podem beneficiar todo o organismo — fortalecendo ossos, músculos, articulações, aumentando a resistência e muito mais. No entanto, faça uma avaliação médica antes de iniciar qualquer atividade física.

FIQUE ATENTO – Hipertensão arterial (pessoal ou na família), diabetes (pessoal ou na família) e história familiar estão entre os principais fatores de risco para doenças renais.
É importante ficar alerta diante de sintomas como: hipertensão arterial; diabetes melitos; inchaço nas pernas ou no rosto; cólica renal; sangue na urina; fraqueza ou palidez cutânea não explicada por outras causas; e infecção urinária.

Previna-se: cuida da saúde dos seus rins!

2019-11-19T14:12:44-03:00