10 Mandamentos para a diálise em trânsito

1 – Consulte seu nefrologista antes de planejar sua viagem;

2 – A solicitação do trânsito deve ser com 30 dias de antecedência a sua viagem.

3 – Procurar o Serviço Social da sua Unidade, preencher o formulário de trânsito informando a o Estado, a cidade, período desejado, de forma a verificar se há disponibilidade, nas Clínicas mais próximas do destino para dar continuidade ao tratamento dialítico.

4 – O Assistente Social fará o envio dos documentos exigidos para Clínica de destino (convênio ou particular) caso seja SUS toda documentação será enviada para o órgão regulador para viabilização da vaga em trânsito (alguns Estados esse processo é direto com as clínicas)

5 – Não compre passagens enquanto a clínica de destino não autorizar o tratamento, visto que, o doente renal crônico não pode ter seu tratamento interrompido de forma alguma. Á diálise é vital para manter suas condições de saúde

6 – O Serviço Social irá informa-lo caso tenha aprovação do trânsito na clínica de destino. Caso a vaga seja liberada compre suas passagens, prepare tudo antes de partir.

7 – Tenha em mãos seus documentos (cartão SUS, RG, CPF, carteira do plano de saúde se tiver), suas medicações e toda documentação original que foi enviada a Clínica por e-mail (relatório médico e exames atualizados). Comunique aos profissionais da clínica de destino caso seja alérgico a alguma medicação. “Fazer uma lista do que levar na mala é sempre uma boa ideia pois evita esquecimentos”.

8 – Se vai para um local de praia, tenha os devidos cuidados com as horas de maior calor, proteja seu acesso vascular, por onde realiza a diálise e cuidado para não desidratar, uma vez que não pode ingerir muitos líquidos.

9 – Caso faça APD (diálise peritoneal automatizada) o trâmite é diferente, o paciente pode viajar, mas precisa consultar seu enfermeiro antes de planejar sua viagem, visto que, ele fará a coordenação e orientação no processo de entrega dos insumos e de como transportar a cicladora.

10 – Planeje com antecedência todos os detalhes para que possa desfrutar plenamente dos dias de férias, sem se preocupar com providências relacionadas ao tratamento durante sua viagem.

Relaxe e aproveita!

Lembre-se que tudo é uma questão de organização e planejamento, o serviço social irá acompanhar todo processo de seu trânsito, mas no caso de indeferimento da vaga não será o responsável ,visto que, a clínica de destino pode não ter o credenciamento do seu plano de saúde, não ter disponibilidades de vagas de convênios e não ter vagas liberadas pela regulação do SUS.

2020-02-14T12:25:08-03:00